Notícias

Professora Amanda Gurgel fala sobre condições precárias de trabalho no RN/BRASIL.

PEC 241 E A EDUCAÇÃO

 

Se a ampla discussão do Plano Nacional de Educação trouxe ânimos quanto ao futuro da educação no país, chegando mesmo a sustentar discussões muito positivas sobre a qualidade do ensino público, em poucos meses de mandado do governo golpista de Michel Temer, esse ânimo se transformou em revolta. A PEC 241 concebida por Henrique Meirelles para animar os investidores internacionais, ao limitar os gastos público, atinge mais fortemente os setores que tiveram ganhos políticos nos últimos anos, cujas ações futuras estavam já politicamente pactuadas (no caso da Educação através do Plano Nacional da Educação, sobretudo da Meta 20, que dispõe sobre o financiamento da educação nos próximos anos).  As perdas serão gigantescas e favorecem o neoliberalismo de Henrique Meirelles e de boa parte da burguesia nacional e internacional, pois se o dinheiro público não for suficiente (e não será!) para manter as metas mínimas da Educação (e da saúde também), a solução neoliberal vê aí a privatização, a abertura desses setores ao capital privado. Vendo a escola pública falida, boa parte das famílias que ainda terão algum poder de compra, aceitarão pagar mensalidades para ter um ensino um pouquinho melhor.

Vale a pena se deter sobre o tema. A PEC 241 traz impactos muito relevantes sobre nós. Disponibilizo os links abaixo  para o leitor saber mais sobre o tema.

 

AGÊNCIA BRASIL

http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2016-09/cnde-entrega-dossie-onu-sobre-pec-que-pode-reduzir-recurso-na-educacao

 

SOBRE A PEC

http://www.brasil247.com/pt/247/poder/259635/PEC-241-do-novo-desenvolvimentismo-ao-neoliberalismo-tardio.htm

 

SITE “NÃO À PECA241” TRAZ IMPORTANTES REFLEXÕES E MOSTRA COM CLAREZA OS IMPACTOS SOBRE A EDUCAÇÃO E À SAUDE.

http://naoapec241.com.br/

Notícias anteriores

Please reload